Notícia

Polícias vão reforçar segurança a lojistas e consumidores  

sexta, 29 de novembro de 2019
ACIC

As polícias Civil e Militar e a Guarda Municipal vão desenvolver ações especiais para intensificar a segurança nas semanas que antecedem o Natal e o Ano Novo. É isso o que disseram em reunião na Acic, na noite de quinta-feira, representantes das corporações de prevenção e repressão ao crime. Serão feitas rondas, patrulhamentos e policiamento ostensivo em todo o perímetro urbano.
O superintendente da 15ª SDP, Everton Klauss, afirmou que as forças polícias farão tudo o que puderam, mas, em contrapartida, pediu aos lojistas e consumidores que também colaborem. “A dica que dou é que adotem medidas preventivas e evitem possíveis situações de risco, que possam despertar o interesse e a cobiça de alguém”. 
Os lojistas devem reforçar medidas de prevenção e proteção dentro dos estabelecimentos e orientar os colaboradores sobre atitudes suspeitas. "Qualquer cenário estranho e que indicar perigo deve ser comunicado à polícia”, afirmou Everton. Os consumidores também precisam ser ainda mais cautelosos e, por exemplo, evitar de contar dinheiro em público e ter cuidado com bolsas abertas que possam expor seus conteúdos.
O superintendente apresentou alguns números e disse que o índice de homicídios caiu em 30% no primeiro semestre de 2019 ante a 2018. Foram 32, com 25 solucionados. “Isso é importante, porque com a redução de homicídios recuam também furtos, tráfico e roubos”. Everton alertou para uma prática comum e que costuma ser maior em épocas de festas, o estelionato. 
“O fim de ano anima os consumidores, e provoca o mesmo efeito nos bandidos”. Essa modalidade só acontece se existir a participação da vítima, por isso é bom desconfiar de situações que possam fugir da normalidade. O secretário da Semppro, Antonio Volmei dos Santos, informou que a Guarda Municipal vai colaborar em tudo o que for possível para fazer com que a segurança seja ampliada neste fim de ano. “As lojas vão atender até mais tarde e isso exige cautela. Estaremos a postos para ajudar”, afirmou Antonio.
 
Ostensivo
O aspirante Eduardo José Vidal Pontes, do 6º Batalhão da Polícia Militar, disse que a corporação está pronta para atuar e melhorar coberturas com foco na prevenção. Entre os recursos usados estão as rondas e a ostensividade. “Vamos cobrir todas as regiões de fluxo em todo o perímetro urbano”, afirmou o aspirante. Ele também recomendou aos lojistas, principalmente, que comuniquem a polícia em situações que possam considerar suspeitas e de perigo. 

 

Fonte: acicvel.com.br